segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O jiló e o segredo revelado.

Mariana adora jiló.
Aprendeu com a vó Marlene e com o pai, porque na minha casa nunca teve jiló. Então que a iguaria é só na casa da outra vó.
Outro dia, no almoço de domingo na vó Marisa, Mariana pede jiló. - Não tem jiló, filha. Tem vagem, quer? Não quis. E começou a chorar copiosamente: - Quero jiló! Quero jiló! Quero jiló! Esperneou. Gritou. Reclamou. Recusou a comida. Azedou o humor e não quis mais almoçar. Tio Beto, de testemunha, não me deixaria mentir. Tudo por causa do jiló.
No dia seguinte, já na casa da vó Marlene, se adiantou a pedir o prato, que foi preparado às pressas e degustado com todo prazer.
Daqui uns anos, quando Mc-eca for sua comida preferida, tenho certeza que Mariana vai custar a acreditar que já chorou por um jiló.


***************************
Um dia desses, segurando a bolsa, Mariana me beija e fala:
- Tchau mamãe, vou no meu trabalho descansar.

(agora me digam, quem foi que contou pra ela?)

***************************

10 comentários:

  1. Olá...passei aqui para divulgar o SORTEIO que estou fazendo lá no meu blog.
    Espero que participe, vai ser bem legal.
    http://tatidesignercake.blogspot.com/2010/10/dia-das-criancas-cesta-de-doces.html

    bjs
    Tatiana Bonotto

    ResponderExcluir
  2. rs... mas, tenho descansado demais nos útimos tempos. bora trabalhar? beijo

    ResponderExcluir
  3. Grava, grava ela pedindo jiló, mais tarde pode ser útil, ou pelo menos servir de curiosidade arqueológica quando ela chegar na adolescência... Que figura! E, sabe, me deu até vontade de comer jiló?
    E quanta perspicácia da mocinha, não? Adivinhar que descanso há no trabalho...
    Feliz dia das crianças pra ela!

    ResponderExcluir
  4. Hahahahah, que fofa!! Ainda bem que vc anotou aqui no blog pra mostrar pra ela, pois realmente ela vai duvidar que um dia chorou por um jiló!!
    beijo!

    ResponderExcluir
  5. hehehe

    o que não é comer sem os preconceitos, né?

    Aqui o chororô é pelo brócolis, ou a "avre" (de árvore), como ele chama.

    Já falei que vou levá-lo a uma agência de publicidade e faturar algum... Não tem muitas crianças por aí avançando em brócolis.

    Implorando por um jiló, então! Coisa raríssima!

    ResponderExcluir
  6. Wuahaha, jiló?!?! Genial!
    Essas crianças...
    Ainda bem que tem o blog pra você provar pra minha xarazinha que um dia ela mandava a ver no jiló!
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Adorei!
    deu até vontade de comprar jiló e testar pra ver se o pequeno gosta, (porque vai ser ruim de garfo lá na conchinchina).
    antes tenho que aprender como "se dice jiló en español" hehehehe.

    E juro, que não foi eu que contei pra Mariana, que o teu trabalho na real é o teu descanso. (ri muito!)

    bjao

    ResponderExcluir
  8. Hahahahah... realmente quando ela estiver comendo aquele MC Donald's você vai poder falar isso pra ela!!!!

    ResponderExcluir
  9. Por aqui, Pat, o que faz sucesso é o quiabo babento! Eca total! Da onde será que elas viram graça nessas iguarias? Vai saber....
    Beijo, querida!
    Dani

    ResponderExcluir
  10. hahahahaha!
    isaac tem tido crises, chorando desesperadamente que quer "tomar injeção". já gravei e vou rodar pra ele qdo fizer nirra pros remédios.
    hahahahahaha
    jiló é demais.

    e ir no trabalho descansar.... descobriram a função secreta...

    bjocas

    ResponderExcluir