quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Dez anos!

Filha,


hoje seu pai e eu completamos dez anos de casados. E antes disso, já havíamos namorado por muitos e muitos anos. Você é fruto dessa longa história de amor, companheirismo e cumplicidade.
E você tem que saber desde já que seu pai tem um coração de ouro. Que tem alma boa. Que é de uma simpatia invejável. Que cozinha bem. Que me ajuda. E que está sempre ao meu lado.
Especialmente neste ano, quero agradecê-lo pela paciência infinita, pela mão sempre estendida e pelo carinho constante. Nesse primeiro ano em que vivemos juntos, nós três, como família, quero agradecê-lo por, gentilmente, ter cedido lugar para você. Juntos estamos nos adaptando a sermos trio. Estamos definindo cargos, lugares, posições. Estamos entendendo o funcionamento dessa família tão sonhada.
E você também precisa saber que depois que me tornei mãe, me apaixonei novamente por seu pai. Por ver a forma como ele te ama. O carinho com que ele cuida de você. O jeito como ele se emociona com você. Ver meu marido como pai foi a confirmação de que havia escolhido a pessoa certa para estar comigo nessa estrada.



Fabio,


Meu marido. Meu amigo. Meu eterno namorado.
Para você, todo o meu amor. Todo o meu respeito. Toda a minha admiração.


Te amo.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Marianês. Minha bonequinha faladeira.



Mariana,



você é uma faladeira nata. Mesmo com poucas palavras no vocabulário, não fecha a matraca um minuto sequer. E olha quantas palavrinhas você já sabe falar....



Tchau.
Você fala muito tchau. Tchau para tudo. Até para a mesa, para a cadeira, para a parede. Aliás, é uma ótima técnica para fazer você largar qualquer coisa. É só falar, vai filha, deixa o brinquedo/controle/frasco de remédio/caco de vidro aqui e dá tchau. E você larga, feliz, e faz tchaaaaau, mandando beijinhos. Ô dó.


Mamãe.
Música para os meus ouvidos. Me vê e fala mamãe. Dizem as avós que repete bastante durante o dia também. O que que eu quero mais da vida?


Papai.
Já contei no post de ontem o quanto você fala papai. Parece uma vitrola quebrada repetindo papai sem parar. Vitrola? É filha, sou do tempo da vitrola quebrada. Um dia te levo em um museu para te mostrar o que é.


Au-au.
Serve tanto para cachorro, quanto para urso, leão e às vezes até para passarinhos. Palavra versátil essa...


Água.
Você fala perfeitamente essa palavra. Começou com um tímido ‘Aua’ e agora já é um senhor “Água”. Um arraso.


Qué.
Qué, do verbo querer. Na sua língua, Eu qué, Tu qué, Ele qué, Nos qué, Vós qué, Eles qué. Você, ultimamente, qué muito danoninho. Se abro a geladeira a matraca já começa qué-qué-qué. Não gosto que você coma muitos danoninhos. Estou evitando abrir a geladeira com você por perto.


Tit ou teti.
Leite. Mas você não fala muito. Só quando eu peço para falar leite é que você repete, tit, tit, tit. Para pedir leite você só olha para a mamadeira e começa Qué!Qué!Qué! Teve um tempo que a sua avô Marisa dizia que você pensava que leite era Qué. Mas não era. Qué era Qué mesmo. E você Qué leite, oras.


Zeca.

Cachorro do vô Mario.


Quesh.

Squash. Cachorro do vô Roberto.


Xixi.

É, xixi mesmo. Se vai comigo no banheiro, vira locutora de rádio e começa, xixi, xixi, xixi, xixi. Privacidade? Não, não sei mais o que é isso não..


Cocô. Cocó.

Cocô e Cocô e Cocó é Cocoricó.E tem hora que cocó vira cocô e cocô vira cocó e aí ninguém mais sabe quem é quem.


Pablo.

O pinguim do Backyardigans. Você tinha um mini Pablo, mas o Squash (o cachorro do vô Roberto) comeu. Sua avó Marisa me ligou avisando: "- A Mariana deu o Pablo pro Squash. O Squash comeu o Pablo. O Pablo morreu." É filha, o Pablo morreu, mas cada vez que você vê o dito na Tv começa o mantra Pablo, Pablo, Pablo. E juro que você pronuncia o L do pabLo.Minha mãe disse que não era pra contar, que ninguém ia acreditar. Mas que você fala, fala.


Nenê.
Serve para você se referir a si mesma e para todos os bebês, crianças, bonecos e pelúcias do Universo. Basta ser cuti-cuti para virar nenê.


Nana nenê.

Você canta com a sua avó Marlene a música "Nana nenê,que a Cuca vem pegar". Um dueto e tanto. Você começa Nana Nenê, ela continua e você retoma "Papai"... e ela "foi na roça..."você "Mamãe" e ela "volta já". Lindo! Tá, filha, às vezes eu não volto tão "já" quanto a música diz, mas juro que me esforço, viu?


Caiu.

Começou com Quiu. Evoluiu para Queiu (que soava como uma pequena portuguesinha falando caiu) E agora você fala caiu direitinho. E serve tanto para o que caiu realmente (incluindo você mesma) quanto para o que você, deliberadamente, arremessou ao chão. Caiu uma pinoia, Marianinha. Jogou não é caiu.


Titio.

Serve para titio e tita.



Mão.

Você olha para suas mãozinhas com admiração e começão mão, mão, mão...Parece sua mãe no yôga ohm, ohm, ohm....um verdadeiro mantra. Quando quer lavar as mãos também vem agitando as mãozinhas e gritando Mão! Mão! Mão! Se aprender a falar "ao alto" já pode começar a assaltar banco.



Pé.

Vale para pé, meia e sapato. E é só ouvir a palavra que você já arranca o sapato ou meia que estiver usando. Palavra proibida quando quero te manter calçada.

É o que me vem à cabeça.
E não é lindo demais?
Filha, para uma mãe, um filho é sempre um forte candidato para a Academia Brasileira de Letras.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Papai Futebol Clube. Agora com vídeo.


Marianinha,




Você, minha desde-sempre-torcedora-fanática, deu agora para virar casaca.

Do dia para a noite virou fã número 1 do Papai Futebol Clube.

Pede colo, dá beijinho, faz charminho e canta o grito de guerra sem parar:

- Papai! Papaaaaaaaaaai! Papaiiiiiiiii! Papaiêêê!

E assim vamos.

Digo “mamãe”.

Você responde:

- Papai!!!!!!!!

Digo “dá beijinho”

Você grita:

- Papaaaaaaaaaaaaai!

Digo “bom dia”.

Você pergunta:

- Papai?

Falo “vem aqui.”

Você:

- Papaiêêê!


Nem a Gaviões da Fiel tem torcedores tão aguerridos.

E eu, filha, tal e qual a bola do jogo, fico ali, participando da partida e, volta e meia, vou para escanteio.

Triste? Enciumada?

Que nada!

Torço para esse time desde antes de você nascer!

Ótima escolha, meu anjo.

Papai Futebol Clube é meu time de coração.


ps: gravei um vídeo de você cantando o novo grito de guerra mas o Sr. Blogspot desapareceu com o ícone de postar vídeos. Se um dia ele (o ícone) voltar, atualizo esse post.


video

ps2: Sr. Blogspot não tinha nada a ver com o sumiço do ícone. Pura falta de habilidade da mamãe aqui.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Programa HCG. Doe o seu xixi.

O que é o Programa HCG?

O Programa HCG foi criado no Brasil em 1986. O objetivo do programa é identificar mulheres no início da gravidez e convidá-las a doar urina até a 18ª semana de gestação. Através da urina doada será extraído o hormônio denominado HCG (Hormônio Coriônico Gonadotrófico). O HCG é liberado pela placenta e mantém a gravidez no início do desenvolvimento do embrião. O hormônio HCG está presente nos primeiros meses e funciona como um anti-abortivo. Ele estimula a ovulação e torna a gravidez possível. Devido às suas características, o HCG tem sido usado como matéria-prima na produção de medicamentos prescritos em tratamentos da infertilidade feminina e casos de criptorquidismo no homem (retenção de testículos). A razão principal da existência do programa é estimular a doação da urina pelas mulheres grávidas


Eu, infelizmente, só soube do programa após a 18ª semana de gestação e não pude doar o meu xixi. Minha amiga Silvana doou. Eles fornecem frascos e retiram o xixi na sua casa. Se um simples xixizinho pode tornar a gravidez possível para outras mulheres, não custa nada doar, não é mesmo?

Site do Programa HCG: http://www.programahcg.com.br/

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Too many cooks



Too many cooks spoil the broth. Muitos cozinheiros entornam o caldo. Muita gente se metendo nunca dá muito certo.
Brasileiro é palpiteiro de nascença. País repleto de especialistas em todas as áreas.Todo mundo sabe um jeito melhor de fazer tudo. Todo mundo sabe fazer o melhor churrasco, todo mundo sabe escalar melhor a seleção brasileira, todo mundo entende de Fórmula 1, política, economia e física quântica.
E no mundo da maternidade não poderia ser diferente. Basta ser mãe para se ver rodeada de palpiteiros. Too many cooks forever.
Começa assim que o bebê nasce. “- Dá o peito de três em três horas.”. “- Não, melhor quando o bebê quiser.”. “ - Põe pra arrotar assim.”. “-Não, melhor assado.” E assim vamos. Todo mundo sabe trocar a fralda melhor que você. Todo mundo sabe te dizer a hora exata em que seu filho sente fome. E sede. E sono. E tudo. Ser mãe é saber ouvir palpites. E o grande lance, é não se irritar com eles. Se a moçoila da fila da padaria te sugere uma forma milagrosa de fazer seu filho parar de chorar, sorria, ignore e faça do seu jeito.


Mariana, agora o contraponto. Não sou uma pessoa receptiva a gente palpiteira. Não tenho muita paciência pra ouvir as fórmulas milagrosas que cada um possui para isso ou para aquilo. E já na gravidez me armei toda, me preparando para os palpites dos avós, que seriam, claro, os mais frequentes,  por estarem mais próximos de nós. Me irritava só de pensar nos meus pais e nos meus sogros me dizendo como cuidar da Mariana. Tinha longos diálogos imaginários me defendendo da palpitaria geral da nação. Já tinha discursos prontos na cabeça, defendendo o MEU jeito de fazer, o MEU jeito de pensar. (tá, meio maluca, mas dê o desconto dos hormônios gravídicos, vai?)
E aí você nasceu. E reconheço tanto amor vindo dos avós, dos tios e das pessoas mais próximas, que não consigo me irritar. Juro. Ao contrário, até gosto quando vem um palpite. Pode estar 40º, se um deles me fala para te agasalhar, considero a hipótese sem titubear. Se me falam para fazer algo assim ou assado, ouço com atenção, aproveitando e absorvendo cada ensinamento. E por quê? Porque sei que te amam. Sei que te querem bem. E isso me basta. E penso que deve bastar para você também.
Filha, palpiteiros são os outros. Os que te amam, só querem ajudar.

ps1: saber diferenciar palpite, de ajuda legítima é tarefa difícil. A maturidade e o instinto são bons guias nessas horas.
ps2: tem hora que é só palpite MESMO. E, nesse, caso, mande plantar batata sem dó! Too many cooks!
ps3. Matheus, este post é para você.





sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Almoço com papai


Filha,


Hoje seu pai veio almoçar comigo. Coisa rápida, no meio do expediente. E rimos ao constatar que almoçar sem você significa...

... comer comida quente;

...começarmos e terminarmos a refeição ao mesmo tempo, sem revezamento de filha;

...não dizer nem uma vezinha sequer: “espera filha, é a última garfada mamãe já vai”,não filha, não põe a mão no prato de comida”, “não filha, não limpa a boca na minha blusa nova”, “não filha, não joga o prato no chão”, “não filha, não come o guardanapo”, “olha filha, olha que bonitinho esse pote/brinquedo/guardanapo/migalha de pão e deixa a mamãe terminar de comer”.

...fazer uma refeição inteira sem falar a palavra cocô.

Mas fique tranquila. Vamos continuar te levando para os restaurantes. Você faz falta, meu amor.











sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O diário da princesa



Filha,

Como já contei, desde que voltei a trabalhar você fica na casa dos seus avós, um dia nos  maternos, um dia nos  paternos.

E desde o primeiro dia o seu avô Mario, pai do seu pai, me envia e-mails relatando o seu dia. São e-mails que me confortam, que me acalmam, que me informam, e que me deixam mais próxima de você durante a longa jornada de trabalho.
Sem a permissão dele, que certamente iria negar, transcrevo algumas das melhores edições do Diário da Princesa....


A minha neta tomou sol, dormiu, encheu o saco da vó , mamou e está dormindo. Nosso dia tá lindo! (9/12/08)

Bom dia,
Perdi a hora hoje mas ela logo me acordou berrando "acorda vô".
Mamou um pouco , depois começou a brincar com o bico da mamadeira, passeamos no quintal e em seguida mamou um pouco mais.
Fomos à praça tomar uma cor e desfilar seus atributos, fazendo um sucessão! Passeio de uns 45 minutos.
Na sequência tomou uma boa quantidade de suco de laranja, e aterrisou, está dormindo .
Temperatura normal , agitação normal, curiosidade cada vez maior , relutância em ficar deitada e semi sentada , faz um esforço de permaecer sentada e querendo pegar as coisas.
Em suma , como pedi a DEUS. (13/01/09)


 O pai dela chegou , deu-lhe um banho para refrescar do calor.
Comeu quase meia pera d'agua e comeria mais se lhe fosse dado.
Mais alguns minutos o pai ofereceu uma mamada que foi quase tudo.
Agora acaba de acordar de um sono reparador de quase duas horas.
Estaremos estudando a programação para as próximas horas.
Tchau (13/01/09)


Passou um belo dia!
Acaba de comer meio mamão papaia e resmungou que queria mais.
A prova do crime guardamos para vcs verem.
Tchau (22/01/09)


A Princesa, comeu:
Frutas: Manga- como nova experiencia dei pouco, resmungou querendo mais
Ameixa - adorou.
Leite: Não tendo outra coisa foi leite mesmo.
Almoço: Uma deliciosa sopa , contendo batata, couve, couve flor, abobora, tomate, cebola, alho e contra coxa de frango.complementado com 1/4 de gema de ovo cozido.
Lazer: Foi tomar uma cor na praça.
Brincou com seus brinquedos no espaço reservado só a ela.
Repouso: Fez curtos sonos repousantes.
Finalmente fez umas demostrações de capacidade física para seu pai , permanecendo por bom tempo de pé segurando-se sozinha , no seu espaço, fazendo pose registrada no celular do pai , cujas fotos não estão anexadas ao presente por ser impossível transferi-lo ao computador, por desconhecimento da técnica.
Em suma , um dia normal e como muitos sorrisos e pouquíssima manha. (17/02/09)


Complementando o relatório anterior , no inicio da manhã mamou cerca de 180 ml de leite , o antigo, porque era o que tinha na mamadeira.
Futas : ameixa , banana, e suco de laranja em várias oportunidades.
O almoço; sopa com batata doce, inhame, mandioquinha , folhas de espinafre, tomate , cebola, alho, pitada de sal e carne magra, tudo incrementado com gema de ovo cozida. Foi um pouco mais de três colheres, descendo com a ajuda de um suquinho de laranja.
Curtiu o pai , adormeceu , acordou , se desfez dos dejetos, higienizou-se, e aguarda a chegada da mamadeira, atrapalhando o vô no teclado.(19/02/09)


Ela está ótima.
Chegou assistiu a matinê, e mamou cerca de 70% da mamadeira.
Nos braços do avô adormeceu e dormiu cerca de 1 hora.
Alegre comunicativa e longe do humor da semana passada aguardou pacientemente a boia, boa parte do tempo no colo do Dadá.
Comeu uma pratada de legumes cozido com carne, contendo , batata doce, cenoura, abobrinha , tomate , espinafre, brocolis, e um risoto feito exclusivamente com o caldo do cozido acima.
Sua sede foi saciada com muito suco de fruta citrica .
Em seguida faturou uma porção de fundo de alcachofra , e deixou a marca de  sua arcada dentária em várias folhas .
O que eu não estou gostando é que ela agora arremeda o avô quando brigo com o zeca.
Quer mais ou tá bom? (24/09/09)


Está ansiosamente aguardando o almoço no colo do pai. Está ótima , falando mais do que a Hebe, e sem reclamações. Estado geral ótimo.(21/09/09)


Assistiu a Playhouse até a Olivia , faladeira e dançarina ,como sempre, tiramos a temperatura subiu um pouco , 37,8 , tomou o Tylenol , trocou a fralda, com bastante urina, avisamos o pai . Sem qualquer sinal na pele.
Mamou e agora repousa.
Fábio ligou para o médico que mandou ficar em observação.
Afora a temperatura , nada de anormal.
Fique tranquila , manteremos informada (15/09/09)


Chegou , dormiu até 10:30, assitiu a playhouse Disney, se fartou com um peixe na laranja, no colo do pai, devorou um danoninho, e foi repousar.
Dorme um sono reparador.(08/09/09)

 Assim não vale , ela está dormindo desde as 13:30.
Como posso curti-la? (24/09/09)
 
Almoço muito bem , conforme Fábio já reportou.
Brincou bastante , tomou bastante sol no quintal.
Mamou , e agora está dormindo.
Passando um dia excelente.
tchau (4/06/09)


Para sossegar seu espírito, aviso que a princesa está passando um ótimo dia, senão vejamos:
Dei um pequeno tempo para se refazer da viagem.
A liberei para se exercitar , rebolando ouvido musica, caminhar no seu jeito, correr atrás do zeca, espiar
os transeuntes , cantar , bagunçar minha sala de tv, e devolver tudo que ingeriu no dia naterior. Que meleca,
precisou até de trocar algumas peças de roupa.
Mamou razoavelmente , foi a praça , devidamente agasalhada, tomou sol , brincou com outra garota de 15 meses.voltou e agora repousa com um belo sono deitada no colo da vó tambem deitada , tendo o zeca dormindo nas pernas da vó , também.
Já está preparada a refeição com dois cardápios , um para o almoço que contém os legumes usados para
confecção do calde de carne. isto é , tomate (que é fruta) mandioquinha , cenoura, brócolis, sendo que foi usado para dar sabor ao caldo , salsão e alho poró, alem da cebola e alho.
À noite será macarrão regado ao caldo acima.
Acredito que vc aprova o quanto acima.
Tchau
Ah.... adoro vc. (4/06/09)


A PRINCESA ESTÁ PASSANDO UM ÓTIMO DIA.
POUCA TOSSE, MAS QUANDO TOSSE , ROUCA.
SEM CHORO , MANHA , OUFRES0C0U00R0A022, EU QUIZ DIZER FRESCURA , ELA QUE DATILOGRAFOU A PALAVRA ANTERIOR.
MAMOU , COMEU CAQUI, ENCHEU A PANÇA COM UM BELO ALMOÇO, CONFORME CARDÁPIO ABAIXO.
FEZ UMA INALAÇÃO, ACORDADA VIU... E O PAI LHE DEU O XAROPE.
POUCO SONO , ISTO É , VÁRIAS VEZES MAS POR PERÍODOS CURTOS.
DEVOLVEU UMA VEZ O QUE COMEU ONTEM.
ESTÁ ÓTIMA.
ALMOÇO: PAPA COMPOSTA DE ARROZ, FRANGO, TOMATE, BATATA DOCE , CENOURA E ESPINAFRE (16/04/09)